Buscar
  • Antonio Assis

Na Paraíba, prefeito do PSDB gravado com dinheiro na cueca deixa presídio


João Bosco Fernandes (PSDB) prefeito afastado de Uiraúna, no Sertão da Paraíba, foi solto na quinta-feira (9). Ele havia sido detido depois de ser gravado com dinheiro que seria propina, na cueca. As imagens foram coletadas pela Polícia Federal e João Bosco acabou virando alvo da Operação Pés de Barro, que investiga o pagamento de propina em contratos de uma adutora.


O prefeito teve a liberdade concedida pelo Supremo Tribunal Federal (STF), sob o pagamento de fiança no valor de  R$ 522.500,00. Ele estava preso no  presídio Hitler Cantalice, em João Pessoa. Segundo a defesa, a fiança foi paga por familiares de João Bosco.


A decisão do STF foi expedida pelo ministro Celso de Melo. De acordo com ele, João Bosco deve continuar afastado do cargo de prefeito, além de estar proibido de entrar na sede da Prefeitura de Uiraúna.


Matéria publicada pelo Portal de Prefeitura em 11 de Julho de 2020.

© 2018 ORGANIZAÇÃO NÃO GOVERNAMENTAL | FISCALIZA BRASIL - FISBRA | CNPJ: 23.188.150/0001-76