Buscar
  • Fiscaliza Brasil

Deusmar Queirós, fundador da Pague Menos, se apresenta à PF e é preso


Ele é condenado desde 2010 por crimes contra o sistema financeiro, cuja pena pode chegar a 9 anos e 2 meses

Deusmar se entregou na manhã deste domingo (9) Foto: Reprodução/O Povo

O empresário Deusmar Queirós, fundador da rede de farmácias Pague Menos, está preso na Unidade Prisional Irmã Imelda, em Aquiraz, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Ele havia se apresentado anteriormente na sede da Polícia Federal no Ceará, no bairro Aeroporto, de onde foi transferido para o presídio em Aquiraz.


Deusmar se entregou na manhã deste domingo, 9, após o desembargador federal Alexandre Costa de Luna Freire, que estava no plantão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), negar um pedido de Habeas Corpus (HC) impetrado pela defesa do empresário.


O processo


Ele é condenado desde 2010 por crimes contra o sistema financeiro, cuja pena pode chegar a 9 anos e 2 meses. Ao recusar o HC, o desembargador determinou que ele se apresentasse em até 48 horas.


Além do STJ, a defesa de Deusmar havia recorrido também ao Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5), em Recife. Nesse período, houve trânsito da condenação dos recursos nas duas cortes, com idas e voltas, se encerrando agora com a execução da detenção.


O POVO entrou em contato com a assessoria de comunicação do empresário Deusmar Queirós, que informou que enviará uma nota oficial em breve.


Em nota, a defesa de Deusmar Queirós afirma que ação ainda está em curso e a condenação não é definitiva, dizendo que o processo se refere à atuação de Deusmar à frente da Renda Corretora de Valores entre 2000 e 2006. A defesa do empresário ainda conta que acredita na "Justiça e na sua absolvição".


Nota da defesa do empresário:


Na data de ontem (8) o empresário Francisco Deusmar de Queirós, em atendimento a determinação judicial, apresentou-se à Polícia Federal. O objeto do processo que gerou a apresentação se refere à sua atuação à frente da Renda Corretora de Valores entre 2000 e 2006. A ação ainda está em curso e a condenação não é definitiva. A defesa continua acreditando na Justiça e na sua absolvição.


Rede Pague Menos


Em nota, a Rede de Farmácias Pague Menos esclarece que o processo judicial não possui qualquer relação com a rede, afirmando que a decisão judicial em nada afeta as operações da empresa.


Confira a nota:


A Rede de Farmácias Pague Menos esclarece que o processo judicial ao qual o fundador da companhia, Deusmar Queirós, responde não possui qualquer relação com a rede. Todas as informações sobre o processo foram prestadas de maneira transparente pela Pague Menos em seus formulários de referência.


A companhia reitera ainda que a decisão judicial em nada afeta as operações da empresa e informa a nomeação de Mário Henrique Alves de Queirós, atual diretor presidente, para o cargo de presidente do Conselho de Administração no lugar de Deusmar Queirós.


Publicado pelo Jornal do Commercio em 09/09/2018 às 11:48

© 2018 ORGANIZAÇÃO NÃO GOVERNAMENTAL | FISCALIZA BRASIL - FISBRA | CNPJ: 23.188.150/0001-76